Sindicato dos nutricionistas do estado do Rio Grande do Sul filiada à FNN e vinculada à CNPL

Fique por dentro


STF decide que direito da gestante à estabilidade não depende de conhecimento prévio do empregador
15/10/2018

STF DECIDE QUE DIREITO DA GESTANTE À ESTABILIDADE NÃO DEPENDE DE CONHECIMENTO PRÉVIO DO EMPREGADOR

O Supremo Tribunal Federal, na sessão plenária realizada no dia 10/10/2018, ao julgar o Recurso Extraordinária (RE) 629053, com repercussão geral reconhecida, firmou o entendimento de que o desconhecimento da gravidez de empregada quando da demissão não afasta a responsabilidade do empregador pelo pagamento da indenização por estabilidade. A tese de repercussão geral proposta pelo ministro Alexandre de Moraes, foi aprovada com a seguinte redação: “A incidência da estabilidade prevista no artigo 10, inciso II, alínea ‘b’, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), somente exige a anterioridade da gravidez à dispensa sem justa causa.”

Fonte: http://portal.stf.jus.br/noticias/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=392418

Todas Notícias

17/09/2018 - Reforma Trabalhista
30/07/2018 - Vigilância Sanitária
13/07/2018 - Formando UFRGS 2018/1
04/07/2018 - Formandos IPA 2018/1
29/06/2018 - Formandos UCS 2018/1
15/12/2017 - Edital de Convocação
07/12/2017 - Edital de Convocação
29/08/2017 - Edital de Convocação
12/07/2017 - Reforma Trabalhista
08/07/2017 - Edital de Convocação
19/06/2017 - Vagas Esgotadas
06/06/2017 - SINURGS 35 anos!
23/05/2017 - ATENÇÃO!
23/03/2017 - NOTA PÚBLICA
06/02/2017 - Formandos FGS 2016/2
20/01/2017 - Formandas IPA 2016/2
20/01/2017 - Formandas UCS 2016/2
20/01/2017 - Formandas CNEC 2016/2
26/09/2016 - NOTA PÚBLICA
14/09/2016 - I CONSULBAC
20/06/2016 - Campanha Salarial 2016
DELEGACIAS REGIONAIS